« Voltar para página de notícias

Boi gordo: mercado lento

Na última sexta-feira (10/9), o mercado do boi gordo esteve devagar, com poucos negócios e a exportação de carne bovina para a China está suspensa. A paralisação dos caminhoneiros, apesar de perder força em algumas regiões, também motivou o desempenho fraco dos compradores no final da semana passada. Em São Paulo, as cotações ficaram estáveis no comparativo dia a dia. Alguns frigoríficos abriram as compras ofertando menos pela arroba, mas sem negócios concretizados.

No Sul de Tocantins algumas indústrias frigoríficos voltaram às compras ofertando preços abaixo da referência, com baixo volume de negócios concretizados. Segundo levantamento da Scot Consultoria, os preços do boi, vaca e novilha gordos caíram R$3,00/@ na comparação diária e foram negociados em R$294,00/@, R$284,00/@ e R$284,00/@, respectivamente, preços brutos e a prazo. No Oeste de Santa Catarina, os preços para todas as categorias caíram R$3,00/@ na comparação feita dia a dia. Assim, o boi gordo foi negociado em R$327,00/@, a vaca em R$302,00/@ e a novilha gorda em R$315,00/@, preços brutos e a prazo.

 

Fonte: Scot Consultoria

COTAÇÕES
  • SOJA R$ 175,14
  • MILHO R$ 94,33
  • Referentes ao dia : 16/09/21
    Cotação da @ praça Campo Grande

REVISTA
CANAL DO PRODUTOR




PARCEIROS